Circuitos Elétricos Dedicados

Circuitos Dedicados

Um circuito elétrico dedicado é aquele que atende a um único aparelho ou dispositivo elétrico. É exigido pelo Código Elétrico Nacional para certos aparelhos de uso crítico e muitos aparelhos fixos. Nenhum outro aparelho, luminária, luz ou tomada pode ser atendido por esses circuitos dedicados.

Eles são geralmente necessários para dispositivos que possuem motores para garantir que haja energia suficiente para a carga de inicialização e para executar com desempenho máximo. Mais importante, os circuitos dedicados evitam a inconveniência de sobrecargas de circuito. 

Prevenção de sobrecargas

Quando mais de um dispositivo é atendido por um único circuito, é possível que esses dispositivos consumam mais energia do que o circuito foi projetado para lidar.

O resultado é um disjuntor ou fusível disparado. Essa é uma ocorrência bastante comum em cozinhas de residências antigas instaladas em um momento em que o Código Elétrico Nacional não previa um número tão grande de aparelhos que seriam apresentados nas cozinhas modernas. 

As cozinhas se apóiam fortemente em aparelhos com motores (misturadores, trituradores de lixo, abridores de latas) e aparelhos que aquecem (torradeiras, fornos de pizza, churrasqueiras elétricas).

Esses dois tipos de aparelhos são usuários notoriamente pesados ​​de energia. Se, por exemplo, você estiver usando uma torradeira e um forno de pizza no mesmo circuito, é bastante comum sobrecarregar o circuito e acionar o disjuntor. Isso é especialmente comum em uma cozinha antiga com apenas um ou dois circuitos de 15 A que já estão alimentando a geladeira e o forno de microondas.

As cozinhas modernas, no entanto, foram instaladas com pelo menos quatro, e talvez até seis ou sete circuitos de 20 A, e há muito menos chance de sobrecarregar qualquer circuito individual – especialmente porque os principais aparelhos terão seus próprios circuitos dedicados. que não pode ser usado por outros equipamentos. 

O Código Elétrico Nacional exige que qualquer dispositivo ou dispositivo dedicado ao uso crítico seja atendido por seu próprio circuito dedicado para eliminar a chance de outro dispositivo ou dispositivo disparar no disjuntor e desligar o dispositivo crítico.

Esses aparelhos críticos incluem coisas como fornos, aquecedores de água, bombas de poço e até geladeiras. Se um desses demolidores tropeçar e você não souber, pode acabar com um porão inundado, uma casa congelada, sem água quente ou uma geladeira cheia de comida podre. 

Aparelhos que requerem circuitos dedicados

Aqui está uma lista dos aparelhos típicos que requerem circuitos dedicados. Além disso, sua autoridade local de construção pode especificar dispositivos ou equipamentos adicionais que precisam de um circuito dedicado.

E o Código Elétrico Nacional, que é revisado a cada três anos, também pode adicionar periodicamente aparelhos adicionais a esta lista: 

  • Geladeira
  • Congelador
  • Gama elétrica (também fogão, forno)
  • Aquecedor elétrico de água
  • Forno (também bomba de calor)
  • Arruela (tecnicamente um circuito designado )
  • Secador
  • Microondas
  • Lava-louças
  • Triturador de lixo
  • Bomba de abastecimento
  • Ar condicionado (quarto e casa inteira)
  • Aquecedor de banheiro (incluindo unidades de aquecimento com ventilador)
  • Recipientes para lavanderia (tomadas)

Verificando circuitos dedicados

O painel de serviço elétrico da sua casa (caixa do disjuntor) deve ter etiquetas indicando todos os circuitos dedicados.

Atenção: Se você perceber que algum dos aparelhos acima está dobrado em um único disjuntor ou que está combinado com outro equipamento, como iluminação ou tomadas, fale com um eletricista. Este é um risco à segurança, além de um incômodo.

Os circuitos elétricos que não estão de acordo com o código também podem ser um obstáculo à venda de sua casa.

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!